Frete para outro estado: quanto custa?

Fazer um frete para outro estado é uma ação mais comum do que se pensa. Afinal, hoje a internet facilita às vendas interestaduais e também o planejamento de mudanças para longas distâncias.

Para te ajudar a saber quanto custa esse serviço e como contratar o seu, foram separadas abaixo algumas informações sobre o cálculo e os cuidados necessários. Leia até o final!

Variáveis que pesam no preço do frete para outro estado

Em primeiro lugar, uma mudança ou carreto sofre a maior parte de sua variação de acordo com a distância. Ou seja, quanto mais quilômetros separarem a partida do destino, mais caro será o serviço. Isso ocorre devido ao fato de haver mais cobrança de:

  • Pedágios;

  • Combustível;

  • Taxas de trânsito obrigatórias;

  • Seguros.

Além disso, também pesam no preço do frete para outro estado situações como:

  • Urgência;

  • Veículo escolhido, baú ou aberto;

  • Tipo de contratação, modalidade exclusiva ou compartilhada;

  • Cubagem da mudança ou quantidade de itens;

  • Número de funcionários envolvidos;

  • Solicitação de embalador ou montador;

  • Necessidades especiais de transporte, como para itens raros, perecíveis, frágeis ou de alto valor;

  • Içamentos, entre outros.

Quanto ao cuidado para a contratação, vale a pena conferir aqui algumas dicas que evitarão muita dor de cabeça. Porém, a principal é verificar a reputação.

Para começar, você pode fazer uma boa pesquisa do histórico da empresa no Reclame Aqui e nas redes sociais.

Afinal, quanto custa o frete para outro estado

Bom, dependendo da contratação, serão incluídos no custo final alguns valores, como:

  • Média de R$ 250,00 para kits de 10 caixas grandes, fornecidas pela transportadora;

  • R$ 100,00 para cada móvel que for preciso montar ou desmontar. Poderão ser feitos pacotes, barateando o preço por item;

  • De R$ 90,00 a R$ 120,00 a diária ou período de profissionais extras.

Porém, o frete completo (com embalagens) para outro estado e em caminhão fechado sai na faixa de R$ 7.000,00 a cada 500 km rodados. Aliás, aqui já estarão também documentações, taxas, seguros, emissão de nota fiscal e demais custos do trajeto.

Da mesma forma, em sistema compartilhado, o valor pode ficar em torno de R$ 2.000,00, com saída do Sudeste, por exemplo. Entretanto, é preciso ter em mente que os prazos para finalização do transporte são maiores nessa modalidade.

Enfim, como a variação é grande, aproveite que está aqui no Guia de Mudanças e solicite gratuitamente até 5 orçamentos sem compromisso.  Então, comece sua pesquisa e boa mudança!