Como alugar um imóvel rápido e com segurança

Alugar um imóvel rápido e com segurança não é uma tarefa simples e vai muito além de escolher apenas a localização e o tamanho do imóvel.

Primeiramente, antes de fazer a mudança e pensar na decoração, você precisa pensar em muitas coisas antes de mudar para a nova residencia.

Vamos ver a seguir quais passos você deve tomar antes de alugar um imóvel rápido e com segurança!

1. Escolha o bairro que gostaria de morar

Inicialmente, o primeiro passo para encontrar o imóvel dos seus sonhos é identificar em qual bairro você gostaria de morar. O mais importante neste inicio é escolher um bairro onde os custos de vida sejam condizentes com seus hábitos e o local onde você ou sua família trabalha.

No entanto, não deixe de avaliar também qual é o tamanho do imóvel que você precisa, calculando de acordo com a quantidade de pessoas que vão morar ali, quantos carros possuem, se ficam muitas horas por dia dentro de casa e se têm animais de estimação que serão levados para a casa nova.

2. Veja quanto você pode gastar com o aluguel do imóvel

Faça uma anotação com todos os gastos que você terá com o imóvel e analise o seu custo-benefício. Uma coisa extremamente necessária é verificar e somar todas as despesas direta e indiretamente ligadas ao imóvel.

Portanto, para fazer esse cálculo considere que o valor do aluguel é equivalente a 25% do seu salário. Após isso, aplique reajustes de 10% sobre este valor até chegar no final do seu contrato.

Finalmente este valor deve ser o preço aproximado que você poderá gastar com o aluguel.

3. Use um bom site de imóveis para encontrar o seu imóvel

Você pode buscar o imóvel de várias formas: falar com amigos ou procurar na internet, que acredito ser a melhor forma.

Portanto, você pode estar procurando no site Zap Imóveis ou VivaReal, pois ambos são portais bem conhecidos e com ampla rede de imóveis.

4. Fique atento a documentação e as leis

Depois de escolher o imóvel ideal, veja quais são as condições para locação do imóvel. Atualmente existem 4 tipos de locação:

1) Fiador (quando um terceiro, proprietário de imóvel, garante o pagamento do aluguel caso o inquilino não faça).

2) Seguro fiança (quando uma instituição financeira faz o papel do fiador).

3) Depósito (normalmente os locatários pedem de duas a três vezes o valor do aluguel, que será devolvido ao final do contrato).

4) Alugar imóvel direto com o proprietário (Geralmente isso ocorre quando é familiar ou conhecido).

No contrato de aluguel deve constar também o prazo do aluguel. Em média, são 30 meses, mas é possível negociar com o locatário para prazos diferentes.

Você precisará apresentar comprovantes de renda e residencia sem restrições, além de atestados como nada consta nos órgãos de crédito do consumidor(SPC e SERASA), mesmo não sendo uma obrigação por lei. Os documentos do imóvel também devem estar em dia, para que você evite se envolver em outros problemas com o proprietário.

5. Conheça os principais deveres de quem está alugando o imóvel

O condomínio, iptu e outras taxas podem ser pagas pelo proprietário ou pelo inquilino, dependendo do contrato realizado.

Entretanto, o inquilino tem como obrigação entregar o apartamento na mesma condição recebida na hora de sair, pagar todas as despesas e não modificar o imóvel sem permissão do proprietário.

Conforme a lei do inquilinato, o não pagamento do aluguel no prazo definido pode gerar problemas de despejo, portanto converse sempre com o administrador do imóvel ou o proprietário em caso de atraso nos pagamentos.

6. Fique atento às regras realizar a mudança residencial

Finalmente é hora de planejar sua mudança! Faça uma vistoria para garantir que tudo o que foi combinado no contrato está de acordo, evitando dores de cabeça na hora de sair do imóvel ao final do contato.

Verifique junto ao condomínio informações de horários permitidos para carga e descarga, entrada de móveis e recebimento de entregas.

Porém, não se esqueça de fazer a transferência de contas de luz, gás e telefone. Aqui no Guia de Mudanças você recebe até 10 orçamentos de mudanças em uma única solicitação, é rápido e pratico.

Finalmente, é essencial que todas essas dicas sejam seguidas, garantindo assim tranquilidade  e certeza da melhor escolha sempre na locação do imóvel. Boa sorte!

Posts relacionados