Tipos de caminhão baú para mudança

Quando falamos em mudança, além de imaginarmos na hora as embalagens e os homens trabalhando, também nos vêm à memoria o tao famoso caminhão baú que irá carregar a nossa mudança. Mas qual a importância desse veículo, que para muitos é um item sem importância, mas que pode fazer toda a diferença na sua mudança?

 

Pode parecer que todos os veículos comerciais denominados “caminhões baú” são iguais, porém existem profundas diferenças que podem e irão impactar na execução da sua mudança, resultando em um serviço tranquilo ou se transformando em um verdadeiro pesadelo.

A primeira diferença que temos de pontuar inicialmente é a questão do baú que o caminhão transporta. Existem caminhões que são do tipo “carroceria” aberta para outras aplicações, tal como levar itens que possam sofrer com a ação do tempo, chuva e sol ( barris de metal, porcelanas, pisos, etc).

O baú foi inventado justamente para preencher essa lacuna de transporte de itens que exigem um cuidado maior, que não podem sofrer ações do tempo como chuva e calor excessivo, tais como sofás, quadros, eletrônicos, etc. Por este motivo, o baú é a ferramenta ideal para transportar seus itens e uma infinidade de outros produtos que usamos no dia a dia.

Dentre a categoria “caminhões”, temos alguns sub-grupos, tais eles: leves, médios, semi-pesados, e extra pesados. As categorias que nos interessam são a leve, médio e semi-pesado.

Caminhão leve

A categoria leve são os famosos veículos urbanos de carga, ou V.U.C, onde o tamanho máximo é restrito em 7.2m e carga máxima de 3 toneladas. Nesse segmento temos diversas marcas atuantes com vários tipos de motorização e tamanho de chassis, podendo abrigar baús de 3 metros até 5,2 metros, não podendo exceder 7.2 metros incluindo a cabine.

Caminhão médio

Os caminhões médios são uma categoria acima, onde é permitido levar mais carga e com um baú de maior tamanho. Nessa categoria , a legislação é um tanto quanto falha, pois temos veículos com baús de 7 metros, e também temos baús de 10 metros ou mais, se transformando em verdadeiros monstros de manobras. Essa categoria é a que abrange a maior parte dos caminhões de mudanças médias, que se constitui por um veículo de tamanho médio, geralmente com baú entre 7 e 8 metros, onde o volume total cubico varia entre 50m3 e 65m3.

Caminhão truck

Um outro fator é quando vemos o caminhão com 1 ou 2 eixos na parte de trás. O caminhão com 2 eixos ( 1 frontal e 1 traseiro) é chamado de “TOCO”, ao passo que o caminhão com 3 eixos ( 1 na frente e 2 na traseira) é chamado de “TRUCK”. Via de regra, os caminhões truck podem levar mais carga que os caminhões toco. Mas no que tange à mudança, o segmento “toco” executa o trabalho com maestria.

Agora, onde está o X da questão quando falamos de tamanho de caminhões? A essa altura da matéria, você já deve ter imaginado. Se a empresa direciona um veículo MENOR do que sua mudança exige, o mesmo terá que efetuar pelo menos 2 viagens e isso consumirá muito mais tempo e mão de obra, podendo causar sérios transtornos de horário e outras mazelas mais. Por isso que o dimensionamento do veículo é muito importante.

Se a empresa possui apenas um veículo de grande porte, e sua mudança não chega a encher o caminhão , isso não é problema. Agora, se o contrário ocorre, certamente teremos problemas!

No entanto, agora você já sabe um pouco mais sobre essa peça tão importante da sua mudança! Fique ligado para as próximas dicas!

Posts relacionados