Serviço de transporte: principais tipos e diferenças

O serviço de transporte de cargas, principalmente rodoviário, é um dos maiores mercados do Brasil. Além de abrir oportunidades de trabalho e movimentar a economia, é ele que ajuda a conectar diferentes estados, empresas e pessoas. Conheça nas próximas linhas os principais tipos e diferenças.

Serviço de transporte de cargas

Serviço de transporte de cargas frigoríficas

Primeiramente, saiba que este é um serviço de transporte dos mais usados no país. São duas categorias:

  • Perecíveis: geralmente, usado para o transporte de frutas e legumes, como batata, cenoura, banana e manga;

  • Congeladas: como o nome já diz, para produtos que precisam de refrigeração entre -15ºC e -20ºC para não estragarem. Entram aí as carnes, aves, cortes em geral e alimentos congelados como lasanha, pizza e pão de queijo.

Do mesmo modo, esse tipo de transporte precisa de frota própria e segue normas e exigências específicas para garantir a saúde de quem irá consumir os produtos.

Serviço de transporte de cargas vivas

Em segundo lugar nos mais usados, está esse tipo de serviço de transporte. Basicamente, são animais como vacas, galinhas, porcos e cavalos que precisam ser levados de um local a outro. É delicado e segue um alto nível de exigência, inclusive quanto a treinamentos específicos de motoristas e operadores logísticos.

Serviço de transporte de cargas de grande porte

Serviço de transporte_cargas grandes

Assim como o transporte de cargas vivas, o também conhecido como translado de material indivisível ou excepcional, é famoso no país. Constitui-se grande porte itens como:

  • Peças de maquinário fabril;

  • Máquinas agrícolas e de uso industrial;

  • Transformadores;

  • Embarcações;

  • Vagões;

  • Guindastes.

Simultaneamente, em alguns casos é necessário, além de caminhão especial, batedores para acompanhar o veículo em todo o trajeto. Afinal, é preciso, entre outros, cuidado no deslocamento, velocidade controlada e sinalização especial.

Serviço de transporte de cargas perigosas

Por fim, as cargas perigosas também circulam frequentemente nas rodovias do Brasil. São sempre materiais delicados de serem manuseados e que requerem um veículo especial e um treinamento diferenciado para os motoristas. Em geral, os produtos perigosos são:

  • Combustíveis;

  • Gases tóxicos ou inflamáveis;

  • Líquidos inflamáveis;

  • Explosivos;

  • Material radioativo.

Existem ainda muitos outros tipos de serviços de transporte de cargas, como o de produtos farmacêuticos e de saúde, os fracionados e até os de granel. Portanto, cada um segue sua legislação e cuidados específicos.