Reforma de casas antigas: 4 dicas para fazer a sua

Advertisement

É fã das antiguidades, mas tem dúvidas sobre como começar a reforma de casas antigas? Então, pode ficar tranquilo, pois nas próximas linhas você confere um passo a passo básico para tirar essa ideia do papel e renovar qualquer ambiente.

Preparado? Boa leitura!

1) Reforma de casas antigas: contrate um profissional

Em primeiro lugar, sempre deve estar a preocupação com a qualidade do serviço que será feito. Afinal, a reforma de casas antigas pode incluir inúmeros reparos, tanto estruturais quanto estéticos.

Por isso, sempre tenha o auxílio de um profissional especializado, checando a reputação dele em ferramentas como o Reclame Aqui ou buscando indicação de amigos e familiares.

Lembre-se de pedir para que ele verifique todos os sistemas, como elétrico e hidráulico, por exemplo, assim como, paredes, vigas e demais estruturas.

2) Comece pelo piso

Depois que arrumar a parte funcional e estrutural, a reforma de casas antigas deve começar pela troca do piso. Geralmente, será necessário quebra-quebra, aliado a pequenos reparos no contrapiso.

Se você quiser manter o ambiente rústico, prefira os porcelanatos que imitam madeira. Já se seu objetivo for modernidade e mudança completa, os de cores lisas são boas opções. Afinal, será nos móveis que você deixará a sua marca registrada.

3) Reforma de casas antigas: faça os serviços de dentro para fora

Embora muitas pessoas fiquem ansiosas para mudar a fachada da residência o quanto antes, o processo deve sempre ser feito de dentro para fora.

Então, assim que o piso for finalizado, é hora de seguir para a nova pintura da parede e, na sequência, para a escolha das mobílias, seus lugares e também dos pertences que irão decorar os ambientes reformulados.

4) Aproveite móveis e objetos de decoração

Enfim, além de ser uma forma de economizar, reaproveitar é uma excelente maneira de manter aqueles itens que você tem apego e dar novo lugar ou cara a eles. A reforma de casas antigas pede renovação!

Você pode, por exemplo, pegar uma cômoda antiga e trocar a cor dela. Ainda tem a possibilidade de fazer o mesmo com cadeiras, renovando o estofado. Use a criatividade e deixe seu toque de personalidade marcado!

Por fim, com planejamento e seguindo as dicas do profissional contratado, o processo de reforma tende a ser muito mais fácil. Então, siga as dicas que viu aqui e depois é só aproveitar o aconchego do seu novo lar doce lar!

Pedir orçamento de mudança ou carreto grátis