Como transportar um carro na mudança

Como transportar um carro agregado à mudança? Apesar de parecer um tanto quanto estranho que um carro possa ser transportado, pois ele próprio já é considerado o meio de transporte, existem mudanças interestaduais onde fica impraticável ir conduzindo o próprio veículo da origem ate o destino.

Além do desgaste tremendo do condutor, ambos estarão sujeitos à toda sorte encontrada em  nossas péssimas estradas federais, além de um gasto imenso com combustível, pedágio, depreciação do automóvel e também possíveis acidentes que possam acontecer no caminho. Por estes motivos citados, o transporte de veículos se faz presente em muitas das mudanças interestaduais.

Suponhamos que um diretor de uma grande empresa será realocado para outra cidade distante de sua atual moradia. Vamos colocar uma situação hipotética de um trajeto de Porto Alegre/RS para Natal/RN. São exatos 4 mil kms !! Nesse caso, tenho certeza que não parece tão absurda a ideia de se transportar o carro juntamente com a mudança, concordam? Exemplos como esse acontecem diariamente em todo nosso território nacional.

Existem algumas formas de como transportar o carro do cliente, todas elas já testadas e comprovadas com segurança. Vamos à elas:

1-) Cegonha

A cegonha é aquele caminhão que vemos com vários carros 0km sendo puxados por ela. O cavalo mecânico é acoplado à uma carreta no formato de gaiola/plataforma, onde conseguem-se alocar até 10 veículos. Apesar de serem muito famosas em transportes de carros novos, também é possível contratar o serviço para carros usados, para qualquer parte do Brasil.

2-) Siders

Sider é um caminhão que tem em seu baú duas lonas laterais que são removíveis. Geralmente contam com uma rampa de acesso na parte traseira, para facilitar a subida do veículo, e também podem ser contratados para levar automóveis usados de qualquer espécie.

3-) Transportar carro na Mudança

Se a sua mudança não for muito volumosa, e a empresa optar por usar um caminhão grande, é possível arranjar os móveis na parte ao fundo do baú, sobrando assim um grande espaço para colocar também o veículo do cliente.

Nesse caso, deve se medir corretamente o carro, calcular quanto espaço sobrará no baú, para evitar transtornos. Para subir o veículo para dentro do baú, geralmente os caminhões vão até um posto de gasolina, colocam o carro no elevador da troca de óleo e assim conseguem nivelar a altura do veículo com o baú. Bem simples e prático. Para descarga nesses casos deve-se repetir o mesmo procedimento.
Como vimos, esse procedimento de se transportar veículos é relativamente tranquilo, não exigindo nada além do que os itens acima supracitados.

Temos certeza de que essas dicas serão uteis para todos aqueles que se mudarão de uma cidade para outra bem distante, aproveitando sempre nossas dicas para facilitar sua mudança!

Posts relacionados