Desmontar uma mesa de bilhar em 4 passos

Tem uma área de lazer ou bar e precisa saber como desmontar uma mesa de bilhar? Então, chegou ao lugar certo! Nas próximas linhas você confere os 4 passos necessários para fazer o desmonte garantindo a integridade do objeto. Confira!

1) Separe as ferramentas necessárias para desmontar uma mesa de bilhar

Para começar, você precisará ter em mãos alguns recursos básicos, como:

  • Chaves de fenda e tipo Philips;

  • Removedor de grampos;

  • Kit de chave de boca;

  • Parafusadeira;

  • Sacos transparentes ou caixas para guardar parafusos e porcas, por exemplo.

2) Retire as caçapas e parafusos do tampo da mesa

Na sequência, usando a chave de fenda, retire os grampos que prendem as caçapas à mesa. Depois, passe para a retirada dos parafusos que ficam na parte de baixo, entre os pés. Assim, você estará no caminho certo para desmontar uma mesa de bilhar.

Mas, lembre-se: objetos mais antigos podem ter roscas especiais nessas peças. Então, é essencial checar antes de começar para adquirir qualquer ferramenta extra que seja necessária.

3) Tire as vigas e o feltro para desmontar uma mesa de bilhar

Em terceiro lugar, vem o momento de retirar as vigas laterais, as peças compridas e de madeira que sustentam o tampo. Elas devem ser protegidas com plástico-bolha e fita para não serem danificadas no transporte.

Consequentemente, retire os grampos do feltro um por um, com cuidado para não rasgar. Assim, dobre-o e guarde-o em um saco transparente. Não faça vincos para evitar marcas no tecido!

4) Remova a estrutura para terminar de desmontar uma mesa de bilhar

Por fim, chega a hora de remover o tampo de ardósia. Geralmente, ele é preso por parafusos nas laterais. Então, retire-os com a parafusadeira. Na sequência, remova cada placa com cuidado.

Comumente, para desmontar uma mesa de bilhar são ao todo três delas. Nessa hora, você precisará de ajuda, pois elas são bem pesadas, podendo ter mais de 100 kg.

O último cuidado é com a remoção dos pés. Para isso, vire a mesa de cabeça para baixo e desaparafuse cada perna.

Entretanto, não se esqueça de ao longo do processo guardar os itens removidos em sacos transparentes ou caixas de papelão, identificando cada um. Os grampos não são reaproveitados, portanto você terá que comprar novos para reaplicá-los.

Pedir orçamento de mudança ou carreto grátis