5 dicas de como comprar uma casa

Se você sempre teve dúvidas sobre como comprar uma casa ideal para o seu estilo de vida e necessidade, chegou ao lugar certo. Aqui você terá acesso a 5 dicas que facilitam o processo de escolha para você. Confira!

1) Definir o seu limite de investimento

Primeiramente, comprar uma casa requer dinheiro. Portanto, você precisa saber se terá condições de adquirir o imóvel. Se não tiver todo o montante necessário, é provável que um financiamento resolva, porém você deve ter a certeza de que conseguirá com o banco o valor que precisa. Sendo assim, lembre-se de definir o seu limite de investimento com esses cuidados.

2) Avalie a localização e tamanho

Comprar uma casa

Em segundo lugar, esses são dois aspectos que fazem toda a diferença na sua rotina. Escolha um bairro que tem os serviços e comércios que você gosta e precisa.

Já quanto ao tamanho, saber como comprar uma casa requer saber também o quanto de espaço você dá conta e necessita ter.

Se tiver pets, por exemplo, vale pensar em varandas e jardins, se a mudança for com a família, o número de cômodos importa e muito, já se vai se mudar sozinho, um espaço pequeno é suficiente. Pese tudo isso e mais a vizinhança!

3) Negocie

Dinheiro em mãos, bairro escolhido e tamanho resolvido, chega a hora de começar a busca. Ao encontrar algum imóvel que queira comprar, negocie. O segredo de como comprar uma casa do seu jeito e que caiba no seu orçamento também passa pela conversa e negociação, especialmente se ela for feita direto com o proprietário.

4) Visite vários imóveis

Saber como comprar uma casa

Não feche nenhum negócio à primeira vista. Visite várias casas antes de se decidir. Avalie bem os vizinhos, parques e praças próximos, pense em condomínios fechados, segurança, enfim, todos esses aspectos.

Simultaneamente, prefira fazer visitas de dia, quando você consegue observar os detalhes com mais atenção. Além disso, as visitas à noite são válidas apenas se você já está tendendo a comprar uma casa específica e quer ver o movimento e situação das redondezas no período noturno.

5) Não esqueça dos custos de documentação

Por fim, reserve um dinheiro para a escritura, documentações e transferência de propriedade. Não esqueça que você precisará de tudo isso e, em alguns casos, até de advogados para resolver o trâmite. Se preferir, vale incluir uma previsão desses custos no seu limite de investimento. Não faça nada sem folga quando o assunto for financeiro! Assim, seu sonho não vai por água abaixo.