Como montar um kit de primeiros socorros básicos

Saber como montar um kit de primeiros socorros básicos é essencial para diversas situações do cotidiano. Afinal, ao contrário do que muitos pensam não é só em caso de acidentes que ele é útil.

Assim, tanto para pequenos machucados quanto para cortes e outras contusões leves, ele faz toda a diferença. Veja, então, na sequência, como organizar o seu.

Como montar um kit de primeiros socorros básicos: escolhendo os itens

Como montar um kit de primeiros socorros básicos_itens

Primeiramente, embora no mercado você já o encontre montado, o ideal é que você saiba fazer um kit também de acordo com as suas necessidades.

Por isso, nas próximas linhas, foram separados os itens básicos e alguns que você pode acrescentar. Confira:

  • Algodão;

  • Gaze;

  • Esparadrapo;

  • Curativo, tipo Band-aid;

  • Termômetro;

  • Soro fisiológico;

  • Antisséptico;

  • Álcool 70%;

  • Luvas;

  • Tesoura;

  • Máscara;

  • Ataduras;

  • Água oxigenada;

  • Colírio lubrificante.

Além destes itens, para incrementar como montar um kit de primeiros socorros básicos você poderá incluir:

  • Pomadas e géis;

  • Medicamentos comuns que você ou sua família usem, por exemplo;

  • Bolsa para compressa quente ou fria;

  • Pinça;

  • Lanterna.

Escolha do recipiente

Em segundo lugar, além da escolha dos materiais que montarão o kit, você deve se preocupar também com o local onde os itens serão armazenados.

Dessa forma, considere comprar uma maleta de plástico com tampa ou uma necessaire grande com fecho. Se puder ser transparente, melhor, pois você poderá identificar cada item mais facilmente.

Entretanto, o mais importante é que a umidade não entre no recipiente. Da mesma maneira, lembre-se de identificá-lo com uma etiqueta, escrito “kit de primeiros socorros”, ou com um adesivo com a tradicional cruz vermelha.

Como montar um kit de primeiros socorros básicos e deixá-lo atualizado

Por fim, tão importante quanto saber montar está o cuidado com a reposição de materiais e a inclusão de novos itens, conforme necessidade.

Além disso, é importante ficar atento às datas de validade de cada produto. Por isso, vale anotar a quantidade e prazos de cada um deles em um papel para não esquecer.