Como fazer mudança com o gato

A princípio você já deve saber que o gato tem como característica gostar de rotina. Por isso, saber como fazer mudança com o gato faz toda a diferença no conforto do seu pet nesse momento.

Mudar de ambiente pode deixar o bichano estressado e até levar a problemas de comportamento. Confira nas próximas linhas como evitar esses transtornos e tornar tudo mais fácil para ele e para você.

1) Evite o estresse antes da partida

Como fazer mudança com o gato_estresse

Primeiramente, o gato pode ficar estressado ao ver que o lugar onde ele mora está sendo desmontado. Por isso, o ideal é que você o deixe com alguma pessoa de confiança e com quem ele já esteja habituado para empacotar os pertences nas vésperas da mudança.

2) Prepare a casa nova

Em segundo lugar, gatos são territorialistas. Portanto, mais um passo de como fazer mudança com o gato é entender essa característica e facilitar o processo para ele.

A casa nova deve ter algumas similaridades com a antiga, seja com a presença de varandas e janelas teladas que ele já esteja acostumado ou até com a inserção dos objetos que ele já conhece no ambiente.

Sendo assim, o novo lar deve estar apto para que o gatinho chegue e se depare com algo que ele já se identifique.

3) Faça um cantinho especial para o gato

Como fazer mudança com o gato_território

Desde o primeiro dia na casa nova, o pet deve ter um espaço próprio, dedicado a ele. Assim, ele se sentirá bem-vindo no novo lar. Esse passo de como fazer mudança com o gato deve ser feito antes do bichano chegar ao local para que ele se sinta seguro. Não monte na hora em que estiver com as caixas e demais itens e móveis.

O peludo deve entrar no novo ambiente com o seu cantinho especial pronto e o máximo de coisas possíveis em seus devidos lugares. Afinal, o cheiro dele estará em móveis e em outros locais dentro da casa nova, facilitando a ambientação.

4) Passe o maior tempo possível com o bichano

Como fazer mudança com o gato_ambiente

Por fim, evite deixar o gatinho sozinho por muito tempo na primeira semana de mudança. A sua presença também ajuda a passar segurança para ele. Por conta disso, dedique-se o maior tempo possível a fazer companhia para o pet. Com seu cheiro, carinho e atenção a transição será muito mais fácil.